Você é um “ainda não casado”?

Posted by | setembro 29, 2017 | Relacionamento | No Comments

O que você sente quando ouve a frase “ainda não casado”?

Alguns prontamente, até mesmo felizmente, se identificam com o rótulo. Você queria se casar, e você não se importa que outros saibam sobre seu desejo. Você sente que Deus o chamará para ser um marido ou uma esposa algum dia, mesmo que essa chamada não tenha sido confirmada hoje. Sua vida não é só sobre encontrar “a pessoa certa”, porque você deu sua vida a Jesus, mas você adoraria compartilhar essa vida com alguém e persegui-la juntos. Você não sabe o que Deus fará, ou se você vai se casar, mas está claro que o que quer que aconteça (ou com quem quer que seja), por enquanto ainda não aconteceu.

Outros ficarão imediatamente ofendidos pelas mesmas palavras. Eu sei, porque eu li e respondi aos e-mails. Talvez você esteja lendo este artigo para validar sua insatisfação absoluta com uma visão tão superficial da solteirice. Por que nos definimos pela ausência de casamento, especialmente se somos filhos do Deus vivo, comprados a preço infinito, cheios de poder divino e nos foi prometida uma vida de eternidade e felicidade? Eu não sou “ainda-não-casado”, você pode dizer. Estou perfeitamente feliz como sou – minha agenda, minha carreira, meu ministério, minha liberdade.

Muitas vezes eu respondi dessa maneira aos conselhos e encorajamento durante meus anos de solteiro – “Pare de me definir por minha solteirice!” Mas eu gostei da frase “ainda não casado” por pelo menos quatro grandes motivos.

1. Alguns de vocês querem se casar.

Primeiro, muitos cristãos têm um desejo profundo e duradouro de casamento. Seus corações doem por encontrar um marido ou uma esposa. É um chamado que eles acreditam que Deus colocou em sua vida e, no entanto, ainda é um chamado não realizado e não confirmado hoje.

Muitos deles tentaram buscar o casamento do jeito certo – não mergulhar com muita rapidez, certificando-se de estabelecer padrões e limites claros e ouvindo bons amigos e conselheiros. Mas não funcionou. Os namoros que tiveram não foram bons, ou ninguém mostrou nenhum interesse.

Outros se jogaram em um relacionamento após o outro, arrastados por seus desejos de intimidade e levaram à imoralidade sexual e arrependimento. Eles disseram que seu desejo de casamento é bom, mas eles não sabem como dar o próximo passo, ou como pensar em todos esses meses, até anos, de ruptura e solidão. Isso talvez não aconteceu com você, mas aconteceu comigo, e com pelo menos alguns de seus amigos cristãos.

Independentemente da sua história de namoro, quero dar forma à sua espera e desejo de casamento com tudo o que Jesus já nos deu e prometeu, e com o trabalho que ele lhe deu para fazer em todas as épocas da vida, independentemente do seu estado civil.

2. A maioria de vocês se casará.

Em segundo lugar, estatisticamente a maioria de vocês se casará. Alguns de vocês serão chamados para uma vida de solteirice, e será lindo ver você saborear a Cristo e servir os outros como um homem ou mulher solteira. Será deslumbrante para o mundo ver – alguém que troca o prazer do amor conjugal e da intimidade sexual durante toda a vida de devoção singular a Deus e que estabelece sua vida para trazer outros para ele. Mas a maioria de vocês se casará, mesmo que não esteja em seu radar ou lista de prioridades hoje.

Se as tendências dos últimos dois anos continuarem, o crente médio se casará em algum momento de sua vida. Portanto, parece apropriado falar com a maioria dos crentes em seus vinte ou trinta anos como se pudessem um dia se casar. Não devemos ser consumidos por essa realidade, definir o nosso progresso ou o contentamento por nosso estado civil, ou nos entregar a todos para buscar casamento. No entanto, devemos nos preparar para estar prontos e fiéis se Deus nos chamar a amar e servir um marido ou esposa.

3. Alguns de vocês desistiram do casamento.

Outros não estão convencidos. Você ainda está cético e ofendido. Ironicamente, essa é outra razão pela qual adorei a frase “ainda não casado”. Mais e mais jovens adultos, pelo menos nos Estados Unidos hoje, estão desiludidos e pessimistas com relação ao casamento.

Vários fatores têm influência nisso, tenho certeza. A dor do divórcio pode ser a maior. Menos filhos e filhas viram seu pai e sua mãe cumprir seus votos e perseverar apaixonados. Dito de outra forma, muitos de nós provamos o divórcio em primeira mão como crianças, ou observamos nossos amigos sofrerem com isso. Por que eu pensaria que meu casamento sobreviveria? Por que eu me sujeito a esse tipo de arrependimento e dor?

Mas Deus nos dá esperança. Ele é aquele que junta o homem e a esposa, e ele pode preservar sua união e fazê-la florescer. Com Deus você pode acreditar novamente no casamento. Uma das coisas mais radicais e contraculturais que podemos fazer hoje para declarar nossa fé em Jesus é nos casarmos com alguém e permanecermos fiéis a eles e somente a eles até morrermos.

4. Todo cristão se casará.

Por fim, neste lado do céu, todos nós não somos ainda casados no sentido mais importante. Todos os dias do casamento nesta época são um ponteiro para um dia do casamento, quando seremos dados, para sempre, ao nosso Salvador e Rei. Naquele dia, iremos cantar: “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.” (Apocalipse 19:7). Deus fez de cada casamento um cartaz de filme sobre um casamento que está por vir – um casamento que todos os crentes em Jesus irão desfrutar um dia e para sempre.

A maneira como amamos um marido ou mulher, tão imperfeitamente quanto amamos ele ou ela, diz ao mundo sobre o tipo de amor que Deus tem por nós – e, no entanto, será como nada comparado ao real: uma eternidade de paz, alegria e vida comprada para nós pelo nosso Noivo na cruz. Um dia, vamos encontrá-lo cara a cara. Será a maior reunião familiar de todos os tempos – o casamento para acabar com todos os casamentos – quando Deus, com os braços abertos, nos recebe, apesar de toda a nosso quebrantamento, linda pelo sangue de Jesus.

Em Cristo, todos nos casaremos, e esse casamento modela todos os outros desejos e anseios nesta vida – especialmente nossos desejos de casamento.

Mobilizando o Ainda-não-Casado

Ser “ainda-não-casado” não pode se focar na negativa. Se você está em Cristo, você nunca mais será definido pelo que você não é. Você tem muito nEle para se desencorajar por não ter mais nada – mesmo coisas tão importantes nesta vida como um trabalho, ou um cônjuge, ou filhos. As coisas que enchem nossas vidas e nos fazem felizes aqui são grãos de areia simples em comparação com as infinitas praias de conhecer a Cristo.

Foi, afinal de contas, um homem solteiro que disse: “E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo, E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé;” (Filipenses 3:8-9).

E não ser casado ainda não é esperar em silêncio no canto do mundo para que Deus nos traga um cônjuge. Trata-se de mobilizar – uma geração crescente de homens e mulheres solteiros – da vergonha, egoísmo e auto-piedade para níveis mais profundos de amor para Cristo e um ministério mais consistente e criativo para os outros.

Este post é uma tradução de um artigo de Marshall Segal, publicado originalmente no blog Desiring God, traduzido e publicado com permissão do autor. O artigo original pode ser encontrado no link: Are You ‘Not Yet Married’?
Marshall Segal é assistente executivo de John Piper e editor associado do desiringGod.org. Ele se formou na Bethlehem College & Seminary e é editor do Killjoys: The Seven Deadly Sins. Ele e sua esposa Faye vivem em Minneapolis.

 

 

By John Piper. ©2017 Desiring God Foundation. Website: desiringGod.org
* Traduzido por Aline Brandão
* Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, link do blog INCONFORMADOS, tradutor, blog original, não altere o conteúdo e não utilize para fins comerciais.

* Créditos da imagem

Posts Relacionados

About Inconformados

Leave a Reply

Your email address will not be published.