5 Coisas que solteiros gostariam que os casais casados soubessem

Posted by | agosto 18, 2017 | Relacionamento | No Comments

Quando minha igreja estudou 1 Coríntios, conversamos muito sobre casamento e solteirice. Desde que olhamos para 1 Coríntios 7, tive conversas interessantes com meus amigos solteiros e casados.

Na minha experiência, aqui estão cinco coisas que os solteiros desejam que os casados soubessem.

1. Deus faz que o solitário viva em família – e pode ser a sua.

O salmo 68:6 diz: “Deus faz que o solitário viva em família“. Uma maneira que Deus faz isso é através da igreja. Ele cria casas tanto de famílias biológicas como de lindas amizades que se tornam familiares.

Na primeira vez que lidei com a dificuldade de ser solteira, o líder do grupo comunitário percebeu que eu estava lutando com isso. Nós conversamos, mas isso não foi o que mais ajudou. O que mais me ajudou foi que eu estava me tornando parte de sua família. Estava comemorando aniversários e feriados, jantando com eles, passando o tempo com seus filhos, e apenas sendo amada por eles. Eles eram e sempre serão família para mim.

Eu encorajo você a fazer de seus amigos solteiros parte de sua vida e sua família. Não assuma que estamos muito ocupados para jantar com você em uma sexta-feira ou sábado à noite. Nós amamos seus filhos! (Ser babá não conta. Seu/sua amigo(a) solteiro(a) não é apenas sua babá.)

2. O casamento é santificador, mas a solteirice também.

O casamento é difícil, e você cresce muito por isso. Ninguém duvida disso. Mas a solteirice também é difícil, e você cresce muito por isso. O casamento pinta uma imagem do amor de Cristo pela igreja; a solteirice pinta uma imagem da suficiência de Cristo e a alegria de uma vida que aceita a vontade do Pai, como Jesus fez quando orou: “todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.” (Lucas 22:42).

Na minha solteirice, tive que aprender e reaprender que não ficaria envergonhada de confiar em Deus com a minha vida (Salmo 25:1-3). Eu precisava de lembranças de que não estou tentando ter “minha melhor vida agora” ou alcançar minhas expectativas sem a ajuda de ninguém. Não, eu preciso viver e servir com os olhos na felicidade que me aguarda no céu. Meus desejos podem ser parcialmente cumpridos hoje, mas eles serão completamente cumpridos quando eu estiver na presença de Cristo.

Deus está crescendo e santificando-nos o tempo todo. Quer saber o que é mais santificante? Onde Deus o colocou agora mesmo. A santificação vem de Deus, independentemente do nosso estágio de vida.

3. Nossa solteirice não nos define. Você pode nos ajudar a lembrar disso.

Pense em um momento em que você se sentiu como o solteiro que não se encaixava. O que parecia ser, ainda que não fosse, verdadeiro para você? Como você tentou compensar sua não conformidade? Você se sentiu definido pela única coisa que fez você se sentir diferente?

Bem-vindo à vida de solteiros cristãos no sul. A maioria dos cristãos aqui se casam na faixa dos 20 anos, enquanto nós, que já não temos 20 anos, ficamos felizes por eles. Pelo menos parece isso. Quando eu estou cercada por pessoas cujas vidas não se parecem com a minha, eu tentarei encaixar ou enfatizar demais minhas diferenças. De qualquer forma, permito que um detalhe me defina.

Todos nós, não apenas os solteiros, precisamos lembrar que não somos definidos pelo nosso trabalho ou nossas diferenças. Nós somos definidos por nossa identidade como filhos de Deus redimidos pelo sangue de Jesus. Por isso, temos mais coisas em comum do que diferenças – independentemente da idade, estado civil ou origem étnica.

4. A cultura mente muito.

Tanto a cultura secular quanto a cultura cristã enviam mensagens contraditórias. O mundo diz que não estamos vivendo ao máximo, a menos que sejamos independentes e perseguirmos a intimidade sexual fora do casamento. A cultura cristã, apesar de bem-intencionada, diz frequentemente que, se tivermos satisfeitos, ou se pararmos de procurar por um(a) esposo(a), Deus finalmente retirará a cortina para revelar o cônjuge que ele fez para você. (Sério, as pessoas dizem coisas assim). Ambos assumem que a solteirice é uma diversão sem descanso e que qualquer pessoa cujo calendário social não está cheio está falhando em ser solteiro. (Solteiros em seus 20 anos podem ter calendários completos, mas quanto mais velho você for, mais difícil fica ter planos para a noite ou fim de semana).

Todas essas mensagens são auto-focadas – como devemos aprimorar ou melhorar. No entanto, o que realmente precisamos é olhar para Deus e acreditar que Ele é bom para nós e está no controle. Só então podemos começar a confiar que seus planos são melhores para nós. Oferecer sugestões sobre por que Deus não nos deu um casamento é inútil, mas descansar nele traz plenitude e alegria (Sl 16:11).

5. Não espere que todos os seus amigos se casem.

Não posso falar por todos, mas nunca conheci uma única pessoa que não queria se casar. Mas o casamento não é uma solução rápida. Parte de ser humano é que sempre queremos o que não temos. O desejo de casamento é bom e dado por Deus, mas é uma expectativa terrível.

Pense nisso nestes termos: desejo, expectativa e esperança. Um desejo é algo que você quer, como casamento ou amizade. O desejo então cresce em expectativa ou esperança. Uma expectativa é um ídolo – um desejo que se transforma em algo essencial e governa sua vida. A única cura para uma expectativa é a verdadeira esperança no Deus que conhece e ama seus filhos, dá a eles o que é melhor e exerce bondade soberana em relação a cada um de nós.

A esperança diz: “Deus sabe o que desejo, e por algum motivo que não sei, ele não me deu. Mas eu sei que ele é bom e não me esqueceu. Quando eu estiver com ele em glória, ele cumprirá todos os meus desejos de uma forma muito melhor do que eu poderia imaginar” (ver 1 João 3:1-3, Romanos 8:23-25, Salmo 33:18).

Ame como Deus

Pergunte a seus amigos solteiros o que significa ser solteiro para eles. Tente entender suas experiências. Seja uma pessoa segura com quem conversar. Isso significa não tratá-los como se sua solteirice fosse um problema a ser corrigido, ou usá-los porque é conveniente.

Eu não falo muito sobre minha solteirice por uma série de razões, mas quando um amigo que se tornou família para mim fala sobre isso, é muito mais fácil eu sentir que posso ser sincera. Eles me lembram do amor de Deus por mim. Então, casados, amem seus amigos solteiros. Eles vão te agradecer por isso.

*used with permission from The Gospel Coalition.
Este post é uma tradução de um artigo de Jennifer Grisham, publicado originalmente no blog The Gospel Coalition, traduzido e publicado com permissão do autor. O artigo original pode ser encontrado no link: 5 Things Singles Wish Married Couples Knew
Jennifer Grisham é diretora de administração da Providence Church em Frisco, Texas, e administradora da Doxology & Theology. Ela é formada pela Baylor University e estudante no The Southern Baptist Theological Seminary. Encontre-a no Twitter ou no jkgrisham.com.
* Traduzido por Aline Brandão
* Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, link do blog INCONFORMADOS, tradutor, blog original, não altere o conteúdo e não utilize para fins comerciais.

* Créditos da imagem

Posts Relacionados

About Inconformados

Leave a Reply

Your email address will not be published.